Home»PAUTA POLÍTICA»COLUNA DO GILSON FILHO / O FUTURO POLÍTICO DE NOGUEIRA PASSA NECESSARIAMENTE PELA REELEIÇÃO EM RIBEIRÃO PRETO, DIZ EX PRESIDENTE DO PSDB/

COLUNA DO GILSON FILHO / O FUTURO POLÍTICO DE NOGUEIRA PASSA NECESSARIAMENTE PELA REELEIÇÃO EM RIBEIRÃO PRETO, DIZ EX PRESIDENTE DO PSDB/

1
Ações
Pinterest Google+

Encontro, casual. Café, das alterosas. Neste ‘cenário’, sob compromisso do anonimato, ex-presidente do PSDB durante algumas gestões, aceita analisar próxima eleição municipal:

– “O futuro do Nogueira (atual prefeito de Ribeirão Preto) passa necessariamente pela reeleição agora em 2020. Ele deve apostar todas a fichas  porque não pode ficar fora do cenário político até 2022, quando sai novamente para deputado federal.

Eleito deputado e com possibilidade de Dória presidente, Nogueira pode pensar em um ministério. Não é atoa, que o prefeito não tem se metido no racha entre o grupo de FHC e Dória.

Mas como dizia Magalhães Pinto, ‘política é como nuvem. Você olha e ela está de um jeito. Olha de novo e ela já mudou… Mudam de situação a cada segundo’.

A princípio o PSDB local está divido. E este é o maior problema do prefeito. Precisa reunir o grupo. Várias defecções aconteceram durante este governo, formando grupos com ‘sangue nos olhos’ e que atuam nos bastidores por candidaturas alternativas. Entre as alternativas, Maurício Gasparini.

Outra possibilidade, considerando que o anti-petismo e candidatos de centro-direita levarão vantagens em 2020, sondam a volta de Silvana Resende ao campo político.

Se perguntar ao Maurício ou Silvana, vão negar. Mas posso garantir que essas ‘conversas’ já chegaram até eles… É possível Nogueira não se reeleger? É possível. Mas não é provável. Até a eleição ele vai inaugurar obras importantes. Não importa se com verbas conseguidas em governos anteriores, junto à Dilma. O PT em Ribeirão Preto, anda tão ‘prá baixo’, que até a famigerada militância se esqueceu disso… Os outros partidos também estão desarticulados, ‘saco de gatos’ dirigidos por neófitos… E assim, ‘la nave vá…”

GF – O PT tá mal assim? O Zé Alfredo divulgou nota ontem com a apresentação de cinco pré-candidatos…

 – “Dos cinco conheço dois. O Sardinha, jovem lutador, só está na lista para manter-se na mídia. Não vai deixar uma candidatura a vereador, com um caminhão de votos,  para se arriscar ao Rio Branco. O candidato é o doutor Antônio Alberto Machado, um ser humano extraordinário, inteligente, honestidade ilibada. Mas li uma pesquisa, ainda essa semana, e o PT tem rejeição que superando 40%…”

GF – E o Chaim Zaher?

– “Ainda uma incógnita”. 

GF – Mas voltando ao PSDB local, de qual lado você está?

“Eu? Já foi meu tempo… Macaco velho não mete mão na cumbuca”.

 

MÍDIA NACIONAL

 

BOM PRATO NO HC/RP, ADEUS…

No primeiro ano da gestão Dória (PSDB) como governador,a área social foi uma das mais penalizadas por cortes de gastos orçados no estado de São Paulo.

A gestão deverá terminar o ano com R$ 108 milhões a menos que o planejado para a área, que abriga programas como o Bom Prato, Vivaleite e atendimentos a adolescentes e idosos em situação de vulnerabilidade. A informação é Artur Rodrigues Folha 10/10/19

 

 

BOLSONARO, MORO E A TORTURA, 

‘Como em tantas outras ocasiões, na terça feira (8) Bolsonaro encerrou uma entrevista por não gostar de uma pergunta que lhe foi feita.”Parem de perguntar besteira”, disse.

O comportamento em si, pela reiteração, já não surpreende ninguém, mas desta vez algo chamou a atenção. a ‘besteira’ a que ele se referia era um documento do Ministério Público Federal sobre a denúncia de torturas em presídios do Pará. O documento aponta práticas como empalamento com cabo de espingarda, perfuração dos pés com pregos, espancamento, uso reiterado de balas de borracha ou spray de pimenta e disparos com armas de fogo. Na ala feminina, as mulheres nuas ou com peças íntimas teriam sido obrigadas a se sentarem sobre um formigueiro? Besteira?

Os agentes acusados integram a força-tarefa enviada pelo governo federal no fim de julho para controlar rebeliões nas penitenciárias. Respondem ao Ministério da Justiça sob o comando de Sérgio Moro. Confrontado com a denúncia, o ex-juiz não se saiu melhor que o presidente. Sem nenhuma base questionou a veracidade das informações apresentadas ao Ministério Público Federal e afirmou que a “intervenção levou disciplina para dentro dos presídios” Uirá Machado (Folha 10/10/19)

 

CENSURA

‘Sobre a criação de um sistema de censura prévia a projetos culturais, devo dizer que esta situação é grave. Sou servidor do Estado, do povo brasileiro, o qual de fato paga meu salário, e não o governo, que apenas administra e é transitório. Assim também é a Caixa, um banco público, e portanto do Estado, não do governo. Isto é a instrumentalização do Estado por um grupo político e por uma ideologia’. Flausino Lucas Spinola (São Luiz MA)

 

 

Atualizando às 19h14 – 11/10/19

 

Não é só no Brasil que estamos ferrados pelo obscurantismo. Nos Estados Unidos, polícia prende Jane Fonda em protesto contra as mudanças climáticas...

 

 

 

   That’s all, folk …Gilson Filho é jornalista e editor deste Blog MTB 17114/67/15

Postagem anterior

Segunda instância: critério de Toffoli foi poupar Moro? / Tereza Cruvinel/ Blog do Gilson Filho /

Próxima Postagem

PROMOTORES ENVIAM CARTA AO PRESIDENTE LULA / MACHADO É SIGNATÁRIO / CONHEÇA O TEOR DO DOCUMENTO/ BLOG DO GILSON FILHO /

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *